Projeto inovador ataca desorganização do trânsito em frente as escolas

Escolas particulares de Feira de Santana farão parte de um projeto de cooperação com a Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), que deverá adequar o tráfego na região dos estabelecimentos de ensino, ao que está previsto em lei. O Colégio Padre Ovídio, localizado na Avenida Senhor dos Passos, será o primeiro a aderir à proposta, como piloto para outras instituições. Pais e alunos serão conscientizados sobre a importância em colaborar com o projeto – uma de suas etapas consiste em receber orientações sobre as regras do trânsito.

O acordo prevê, inicialmente, que a SMT realize um plano de estratégias para garantir todas as condições de fluidez e ordenação nas vias da região das escolas com maior fluxo de veículos. Já foi realizado um diagnóstico do tráfego nos horários de pico. Toda a sinalização vertical e horizontal da região das escolas será feita baseada também neste diagnóstico para a colaboração da ordem e segurança no trânsito, e dar mais segurança às faixas para pedestres.

As escolas deverão contratar monitores, que serão treinados e capacitados pela SMT para o trabalho operacional no local, orientando pais e alunos no momento de entrada e saída, além de evitar aglomerações e filas duplas. Deverão também adquirir equipamentos para compor esta ação, como cones e coletes.

Para o superintendente de Trânsito do município, Maurício Carvalho, este projeto promete melhorar significativamente o trânsito da cidade, proporcionando uma mobilidade urbana cada vez melhor, e mais segura.

“Sabemos que o movimento de veículos nas escolas causa um impacto grande no trânsito da cidade, e a coletividade acaba pagando um preço alto por essa desordem. A parceria entre as escolas e a SMT será muito positiva”, avalia.

O superintendente acredita que o projeto vai consolidar de forma clara a divisão de papéis e responsabilidades entre as escolas e o município, e deverá fomentar uma mudança na educação no trânsito de Feira de Santana. Ele diz que a cidade está em transformação urbana constante, principalmente no que se refere ao tráfego de veículos, que causa tanto impacto na qualidade de vida da população: “A educação no trânsito é um ato de cidadania e deve ser ampliada. Colocaremos a proposta em prática para criar uma mudança gradativa e de qualidade no trânsito de nossa cidade”.

Cronograma de ações

O curso teórico de trânsito ocorreu nos dias 21 e 22 de julho. A primeira reunião com os pais do Colégio Padre Ovídio acontece nos dias 24 (Ensino fundamental I e transporte escolar) e 25 de julho (Ensino fundamental II e Ensino Médio). Uma ação de panfletagem e orientações está marcada para os dias 27 e 28 de julho, no primeiro horário da manhã (7h), momento de chegada dos alunos. Também, um curso prático ocorrerá no dia 2 de agosto, e no dia 3 a implementação do projeto.