Empresários anunciam o Parque Shopping Feira

O Parque Shopping Feira deverá entrar em funcionamento no segundo semestre de 2016. O empreendimento, que vai ser construído na avenida Noide Cerqueira, foi anunciado na manhã desta segunda-feira, 9, no Paço Municipal Maria Quitéria, sede administrativa do governo local, por um grupo de empresários – formado por investidores feirenses e Grupo Iguatemi. A previsão de investimento é de R$ 310 milhões.
Os investidores feirenses são Edson Piaggio, que foi um dos fundadores do Boulevard Shopping, Luiz Mercês, da rede de lojas Mersan, Francisco Cosmo, da rede Disbal, mais o Grupo Iguatemi.
Será o segundo shopping da cidade. O primeiro, o Boulevard Shopping, foi inaugurado há 15 anos, com praticamente metade da estrutura comercial do futuro empreendimento. O Parque Shopping Feira terá, inicialmente, 150 lojas, oito salas de cinema e a mesma quantidade de lojas âncoras – os nomes não foram anunciados porque depende da autorização das lojas. Vai ser administrado pelo grupo Aliansce.
O prefeito José Ronaldo de Carvalho destacou os números superlativos apresentados pelos empresários, como a geração de empregos durante a construção, mais de 2,5 mil, e quando da sua entrada em operação – deverá passar de cinco mil postos de trabalho. “Será um empreendimento que vai gerar emprego e riqueza para o nosso município. Neste momento não poderia haver notícia melhor”.
Comentou que já há algum tempo ouve comentários de que um novo shopping seria instalado na cidade. “Mas os estudos para um investimento com este perfil demanda tempo”. Ele disse que outros grupos empresariais estudam o mercado local com o objetivo de se instalar na cidade.
O empresário Edson Piaggio,  presidente regional da Associação Brasileira de Shoppings Centers,  disse que Feira de Santana tem experimentado, nos últimos anos, um contínuo crescimento da sua economia e que a decisão de construir um segundo shopping foi respaldada em pesquisas de mercado. “Os resultados apontaram a necessidade de um novo empreendimento, que será mais moderno e com crescimento vertical”. Ele destacou que a localização do shopping é privilegiada por se situar no mais novo vetor de crescimento urbano da cidade.
O empresário afirmou que pesquisas de mercado indicam que a altoestima dos feirenses está em alta. “Eles também que a proximidade de Salvador traz mais resultados positivos do que negativos”. O empreendimento terá 38 mil metros quadrados de área construída em um terreno que tem 76 mil metros quadrados de área útil e estacionamento para 1,3 mil veículos. Estiveram presentes secretários municipais, políticos e empresários.