Defesa de Lula questiona STF sobre retirada de recurso da pauta

A defesa do ex-presidente Lula (PT) recorreu novamente ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF. Desta vez, segundo a coluna Painel, da Folha, os advogados do petista querem saber por que a Segunda Turma da corte tirou de pauta reclamação na qual pede que a primeira instância lhe dê acesso ao acordo de leniência firmado entre a Odebrecht e a força-tarefa.

De acordo com a publicação, havia previsão de que o caso fosse debatido no próximo dia 27. Fachin havia autorizado o acesso da defesa do petista aos autos da leniência, mas o juiz da 13ª vara de Curitiba, Luiz Antonio Bonat, impôs limites à checagem do material.